MINISTÉRIO DA SAÚDE

GOVERNO DA REPÚBLICA DE ANGOLA

Nesta Edição


Dia Mundial da Luta Contra o Cancro
A doença oncológica pode ter cura!

Escola de Cancro

aposta na formação para combater a doença

Sociedade Angolana de Pediatria adopta

metodologia de excelência

Em todo o mundo, milhões de pessoas vivem, actualmente, com o diagnóstico de cancro. A doença contabiliza mundialmente mais mortes que o VIH/SIDA, a tuberculose e a malária juntos. No entanto, a investigação constante faculta aos especialistas um conhecimento cada vez maior sobre as suas causas e a forma como se desenvolve e cresce, ao mesmo tempo que se descobrem novas formas de o prevenir, detectar e tratar. Em Angola, “temos bons especialistas, mas falta informação”, de acordo com o presidente do IACC, o médico Fernando Miguel.

A Sociedade Angolana de Pediatria (SAP) optou por uma nova fórmula na organização das suas jornadas: foi ao terreno, ao encontro dos profissionais ligados à saúde infantil, nos próprios hospitais municipais, para tentar identificar as causas na origem da situação crítica vivida no início do ano de 2016, com a taxa de mortalidade infantil a aumentar significativamente em muito pouco tempo.

Em seguida, levou as informações recolhidas e discutiu-as nas jornadas “para buscarmos soluções, caso, num período próximo, venhamos a enfrentar situações similares”, conforme relatou em entrevista ao JS o presidente da SAP, o pediatra Francisco Domingos.

 

 

Especialistas dos Palops, reunidos em Luanda, trocam informações e experiências em iniciativa que pretende criar novos formadores para actuarem junto das populações e quadros médicos. O evento, realizado no Instituto Angolano do Controlo do Cancro, foi organizado no âmbito da Aortic (sigla inglesa para Organização Africana de Investigação e Formação de Cancro). O seu próximo congresso já está agendado para a cidade de Praia, em Cabo Verde, em 2018.

Luandenses satisfeitos com a feira Natal com Saúde

 

Vacina-se contra a febre amarela.

Veja o vídeo:

...........................................................................................................................................................................................................................................................................

Copyright © 2015 Jornal da Saúde Angola. Todos os direitos reservados. Created by FOURFORCE